quarta-feira, 16 de julho de 2014

16436 Dias de Vida...

Hoje é o meu aniversário. Como sempre, gosto de agradecer por todas as bênçãos que recebo e, principalmente, pela dádiva da vida!
Pode parecer um ato narcisista (e talvez seja), mas o intuito é apenas compartilhar algo positivo, afinal estamos todos cercados por inúmeros problemas e somos diariamente açoitados por tantas tragédias, que a simples lembrança de que temos algo bom e que merece ser comemorado, nos dá esperanças e fôlego para os dias futuros...
O dia do nosso aniversário simboliza não apenas o dia do nosso nascimento, mas o início de um novo ano verdadeiro, onde resgatamos todo o nosso passado, sem precisarmos nos prender a ele. Olhamos apenas como referência, para sabermos de onde viemos e quem fomos, para olharmos adiante, otimistas e certos de que através de todo o aprendizado adquirido, faremos muito mais e ainda melhor do que já fizemos!

segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Bons Dias!

O bom de iniciar um novo ano são as perspectivas...
Nada mudou de ontem pra hoje, até porque as mudanças ocorrem vagarosamente e, principalmente, dentro de nós. São essas mudanças que fazem com que o novo seja celebrado de forma significativa.
Nada de promessas! Queremos saldar as dívidas e não criar novas! Nada de ansiedade! Teremos muitos dias pela frente! Dias tranquilos, dias difíceis, dias felizes, dias tristes; mas dias para escrevermos uma nova história ou simplesmente reescrevermos um capítulo diferente.
O bom de iniciar um novo ano é a esperança...

domingo, 29 de dezembro de 2013

Apenas a Deus!

2013 não foi um ano fácil para mim e nem para a maioria das pessoas que conheço. Um ano interminável com intermináveis desafios. Oscilei entre o céu e o inferno diversas vezes, sentindo que caminhava sem forças, tal qual um automóvel na reserva, aguardando uma iminente parada... Ano em que todos os tipos de problemas surgiram, assim como todos os tipos de pessoas também... Ano em que minhas certezas se tornaram dúvidas e minhas dúvidas consolidaram certezas absurdamente absolutas!
Mas, entre todo o caos instalado em minha vida, sobrevivi... Venci a cada obstáculo e aqui estou novamente como uma Fênix, renascida de suas próprias cinzas.

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Liberdade… Liberdade!

Com o passar do tempo, aprendemos a simplificar as coisas. O que antigamente nos consumia eternos e, em alguns casos, torturantes momentos de dúvidas, se torna equações simples que nos faz ver que perdemos tempo demais acumulando inutilidades que nada nos acrescentam. Aprendemos a nos desfazer dos pesos, afinal queremos apenas leveza e qualidade para a vida e, por isso também, nos tornamos mais seletivos...
Conforme o tempo passa, confirmamos a rapidez e brevidade da vida e nos perguntamos se realmente vivemos da forma que queríamos...
Alguns conceitos, antes complexos, se transformam em chaves que abrem portas e nos mostram belezas inexploradas, desvendam mistérios e nos libertam... Aliás, liberdade passa a ter outra conotação. Quando jovens, a olhamos como uma porteira a ser aberta para que corramos pelos campos da vida, desnorteadamente em busca de um tudo, que no final se torna nada...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Plágio é Crime! Proibida a Cópia do Conteúdo desse Blog!!!