sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Amiga Blogueir@ da Semana – Alba Simões


Começamos mais um ano! Espero que todos tenham renovado as suas forças, fé, esperanças… Retorno com o coração transbordando de felicidade pelos momentos que vivi ao lado de minha família nestes últimos dias. É hora de retomar aquilo que muitos chamam de “rotina”, mas que para mim é a continuidade de uma vida repleta de descobertas e realizações. E nada melhor do que abrir esse ano com um texto magnífico que a minha querida amiga Alba Simões preparou exclusivamente ao Fênix! Para mim é uma grande honra ter um texto dela aqui! Quem frequenta o seu maravilhoso blog Arte e Café entende o que quero dizer. Um espaço primoroso, contendo textos de grandes escritores, inclusive da própria Alba (que para mim é uma das melhores!). Não deixem de visitá-la! Vou citar Fernando Pessoa em : “…tudo vale a pena, se a alma não for pequena.” . E a alma da minha amiga é imensa, generosa e linda! Com certeza ela faz tudo valer a pena! Com vocês, Alba Simões, minha Amiga Blogueir@ da Semana em:

Viver é prioridade o resto é desejo e vontade!

clip_image002

Quantas vezes não nos atropelamos em nossas metas, ideais e objetivos, por não mantermos o foco naquilo que é realmente essencial?
A vida nos oferece a cada instante, vários caminhos a seguir, e muitas vezes ficamos indecisos por qual porta deveríamos entrar.
Assim nos deparamos com a ansiedade de querermos acertar nossas escolhas com toda exatidão.
Queremos acertar no amor, na profissão, em nossas atitudes e em nossos pensamentos.
Buscamos sermos vencedores, e para isto, impensadamente, começamos a competir com coisas e pessoas que mais tarde percebemos que não faziam o menor sentido em nossas vidas.
Trancamos nossas emoções no armário com medo de parecermos fracos ou tolos.
Tendemos a usar vários disfarces para escondermos nossos medos e angústias de nós mesmos.
Nesta época de múltiplas transformações sociais e tecnológicas, nos obrigamos a estar conectados vinte e quatro horas por dia, em quase todas as mídias.
Parece que se assim agirmos, não correremos o risco de ficar desatualizados.
Quando nos sentimos frustrados em relação às nossas aspirações e desejos, recorremos às clinicas de terapias, muitos ainda, na pior das hipóteses, se debruçam sobre o manto da depressão, das tarjas pretas, álcool e das drogas.
E isto acontece quando vivemos por impulsos ou instintos, quando queremos fazer parte da maioria, para sermos eleitos os primeiros em pertencer a uma classe ou a algum grupo que a sociedade, a política ou a religião determinou como um padrão pré-estipulado.
Penso que não precisamos de tantas coisas que consideramos importantes para sermos felizes.
Já pensei diferente, e por experiência própria, posso afirmar que joguei fora tantos momentos que realmente eram preciosos. Estes não voltam mais.
Não adianta lamuriar ou querer reviver o que passou e foi desperdiçado pela própria incoerência das nossas atitudes e ações.
É importante fazer uma pausa para rever se o que realmente buscamos são de fato os nossos desejos e vontades, porque muitas vezes estes não são.
Dar prioridade à vida é não seguir a multidão, e os modelos programados e pré-estabelecidos por uma sociedade que implanta a utopia da perfeição.
Pensando ingenuamente que se não seguirmos o padrão de vida exibido pelas telenovelas e comerciais de margarina estaremos descartados de viver a felicidade absoluta.
Não é tarefa fácil sermos nós mesmos, mantermos em equilíbrio nossas emoções, dominar nossos próprios desejos e vontades.
Avaliando a todo instante o que queremos e o que querem de nós.
Dar prioridade à nossa vida é valorizar a sua total essência, respeitando a nossa integridade e daqueles que nos cercam!
Não ter medo de expor o que pensamos e sermos criticados por contradizer a maioria.
Ser feliz por fazer parte desta minoria que pensa por si mesma. Para isto somos dotados de discernimento e inteligência.
Isto não significa não ter humildade suficiente para pedir ajuda ou conselhos nos momentos de dúvidas.
Ainda não é tudo, porque enquanto vivermos, estaremos sempre aprendendo.
Aprendemos a viver todos os dias.
A felicidade consiste em conceder à nossa vida total prioridade.
O resto é desejo e vontade!
(Hoje procuro não ultrapassar os meus limites para ter um final feliz em minha vida. Aprendi a viver um dia de cada vez, para que todos os meus dias tenham seus momentos de felicidade e serenidade.)
*Imagem retirada do Google Imagens

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Plágio é Crime! Proibida a Cópia do Conteúdo desse Blog!!!