quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Todos Nós Temos Algo a Dizer…

Estou num processo de mudança (de casa e cidade) e por essa razão não tenho escrito muito, o que me deixa triste, pois a escrita é a minha melhor forma de expressar meus sentimentos. Contudo, tive que dar uma pausa para vir aqui dizer alguma coisa, afinal todos nós sempre temos algo a dizer...
Passamos boa parte do tempo buscando respostas ou fazendo inúmeras perguntas. Faz parte de nossa natureza curiosa, confusa, insatisfeita e sedenta por novas informações, buscar explicações para o que conseguimos compreender ou ao que nos deixa ainda mais confusos.
Precisamos das palavras! Precisamos de conforto e até mesmo de certezas sobre as nossas próprias crenças! Buscamos isso nos outros, nos pequenos “sinais” e até mesmo em nossas atitudes!
Ultimamente tenho sofrido com notícias de perdas, dor e tragédias. O curioso é que assistimos tudo isso, diariamente, pelos noticiários da TV e sempre achamos que nada nos atinge! Estamos seguros no conforto de nosso lar com nossas famílias e protegidos. Tudo o que fazemos é lamentar pela dor alheia e agradecer a Deus pela nossa “sorte”. Entretanto, quando vemos isso de perto, acontecendo com alguém conhecido, a nossa reação é diferente. E deveria? Por que só despertamos quando somos tocados de verdade através da dor daqueles que amamos e estimamos?
Nessas horas nos voltam às palavras... Precisamos dizer algo! Precisamos aliviar nosso coração da dor, da compreensão de que somos tão insignificantes diante das forças da vida... Tenho me perguntado por que deixamos nossas melhores palavras e gestos de amor ou solidariedade diante das tragédias? Isso nos alivia a consciência, tornando-nos mais humanos para nós mesmos ou somos abruptamente despertados para uma “irmandade” que deveríamos ter em todos os momentos da vida? Por que precisamos que ocorram as tragédias para provarmos que juntos podemos e fazemos a diferença?
São perguntas e mais perguntas à espera de respostas e palavras para ensinar-nos algo maior ou simplesmente mostrar a nossa impotência diante da própria vida. Não sei, estou emocionada e essa noite só consegui me lembrar da Oração da Serenidade: “Concedei-me, Senhor; a serenidade necessária para aceitar as coisas que não posso modificar; coragem para modificar aquelas que posso; e Sabedoria para conhecer a diferença entre elas. Vivendo um dia de cada vez; Desfrutando um momento de cada vez; Aceitando que as dificuldades constituem o caminho à paz...
Mais do que palavras, acho que agora o que preciso é de muita serenidade para compreender que não podemos mudar muitas coisas nesta vida, mas que podemos, ao menos, buscar através de nossas perguntas e respostas, palavras que nos levem a um caminho melhor. Se nos empenharmos, quem sabe nossas palavras se tornem desejos e tais desejos resultem em atos construtivos?
Tive que parar para dizer alguma coisa... Tive que recorrer às palavras para convencer a mim mesma que sofrimento e dor não são coisas “inventadas ou manipuladas” pelos noticiários da TV, que estão entre todos nós, a todo o momento e que ninguém está imune a eles! E vou contar com elas (as palavras) para levar minha mensagem de amor, carinho e muita solidariedade a todos que sofrem nesse momento. Começo com elas e espero poder revertê-las em ações que ajudem às pessoas... Não importa de onde sejam ou o quão próximas ou distantes de mim estejam! Desejo que minhas palavras sejam orações de conforto aos outros e a mim também!
Espero que as pessoas usem as palavras para construírem algo bom e verdadeiro... E que nunca deixem de dizer sobre o amor e a solidariedade para com o próximo... Acreditem, todos nós sempre temos algo a dizer e isso pode levar conforto aos que precisam! Usem as palavras com sabedoria e façam delas ações dignas e humanas!

Jackie Freitas
“Solidários, seremos união. Separados uns dos outros seremos pontos de vista. Juntos, alcançaremos a realização de nossos propósitos.”
*Imagens retiradas do Google Imagens

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Plágio é Crime! Proibida a Cópia do Conteúdo desse Blog!!!