domingo, 16 de dezembro de 2012

500 Palavras

Gostaria de falar do amor com propriedade! Gostaria de encontrar uma só frase que o definisse com exatidão...
Dizem que o amor é simples... E amar? Simples na teoria, mas que na prática exige olhares e percepções diferentes, interpretações sem confusões, mais atitudes e menos definições...
Posso dizer que sou afortunada, pois minhas buscas pelo amor nunca me levaram à exaustão. Aliás, posso afirmar que nunca encontrei o amor... Ele quem sempre me encontrou! Sou abençoada em todos os sentidos e é por isso que, de vez em quando, faço questão de vir aqui e publicar a minha gratidão.

Quero agradecer ao meu amor por todos esses anos de companheirismo, luta, amizade, confiança, carinho, dedicação... Anos em que o amor foi demonstrado através de gestos que valeram mais do que qualquer palavra!
Olho ao redor e vejo tantas pessoas buscando sentido ou definições para o amor. Vejo-as esperando flores, versos, poemas, músicas... O tal do romantismo para provar-lhes algo que pode ser comprovado diariamente em pequenos gestos ou até mesmo em singelos sorrisos. O amor está na gentileza e no respeito para com o outro. O amor não cria regras, ele apenas se adapta ao ser de cada um.
Algumas vezes queremos para nós as formas de amar dos outros, acreditando que elas sejam mais verdadeiras e corretas do que as nossas... Apaixonamos-nos por suas histórias e queremos vivê-las também, emocionados e extasiados com os seus “finais felizes”; mas esquecemos de olhar e viver as nossas próprias histórias... Deixamos de ver a grande beleza do amor que nos cerca, simplesmente porque nos recusamos a enxergar aquilo que temos... E esquecemos-nos de agradecer pela dádiva do amor...
Somos tantas vezes injustos conosco e com a pessoa amada! Somos gananciosos, egoístas, insatisfeitos... Mas tudo isso também faz parte do aprendizado do amar! Então, não me digam que amar é simples como uma questão exata de matemática. Se o amor carrega em sua essência toda a simplicidade, a prática dele, o verbo amar, exige flexões e reflexões intermináveis. Nada impossível para quem está disposto a correr os seus riscos. Posso garantir que vale a pena, porque o amor é o sentimento mais grandioso, fortalecedor e restaurador da vida!
E é por isso que estou aqui agradecendo ao meu amor...
Obrigada por me dar tanto, mesmo que desconheça o final de nossa história. Obrigada por acreditar em nós e me ajudar na minha própria reconstrução. Obrigada por ser meu mestre, meu guia, minha bússola, meu norte, sul, leste e oeste... Obrigada por fazer de cada passo meu uma esperança para o futuro. Por me amar tão despretensiosamente, por sua generosidade em compartilhar os seus melhores anos comigo... Obrigada por ser paciente e, acima de tudo, um verdadeiro amigo! Tentei buscar tantas definições para o amor, ao nosso amor, que acabei encontrando o seu maior significado em nós!
Não sei em quantas palavras se define o amor... Usei 500 palavras, mas na verdade só precisaria de nós para compreender a grandeza do nosso amor!
Obrigada!
Jackie Freitas
“O amor não se define; sente-se.”
*Imagens retiradas do Google Imagens

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Plágio é Crime! Proibida a Cópia do Conteúdo desse Blog!!!