segunda-feira, 31 de maio de 2010

Interpretando a Palavra ou Sendo Interpretado por Ela?

Há algo de extraordinário nas palavras!
Quantos significados uma única palavra pode ter? O mais curioso de tudo é quantas interpretações tiramos dela!
Existe o provérbio chinês que diz: “Há três coisas na vida que nunca voltam atrás: a flecha lançada, a palavra pronunciada e a oportunidade perdida.”. Uma palavra sozinha, com o seu significado, classifica, denomina, qualifica, desqualifica, enaltece, ilustra... Porém, combinada com outras e somando entre si o peso de seus significados, consegue muitas vezes transformar ou até deturpar a imagem de uma pessoa.
Somos, no final, expressões decorrentes de um amontoado de palavras. Enxergamos através delas e, igualmente, somos enxergados, quando não, julgados por elas! O cuidado que devemos ter ao escolhê-las é uma das maiores atividades cerebrais que possamos ter em nosso dia-a-dia. Isso porque vivemos num mundo onde a imagem que preservamos ou até mesmo àquela que queremos transmitir aos outros está intimamente ligada ao bom ou mau uso da palavra.

sexta-feira, 28 de maio de 2010

Aqui se Faz… Aqui se Paga!

Qual é a nossa verdadeira concepção de justiça e quando sabemos aplicá-la?
Pelas leis dos homens, a justiça é o princípio moral que exige conduta justa, com respeito ao direito e à igualdade entre as pessoas. Pelas leis de Deus, ela vem mediante a fé em Cristo para todos os que crêem. Além disso, ela é oferecida para todos porque todos têm necessidade dela (Romanos 3:21-26).
Onde essas duas leis se encontram e fazem prevalecer a verdadeira justiça em nossa vida?
Tenho visto muitas pessoas sofrerem os mais variados tipos de injustiça. Pessoas de boa fé, que agem dentro de seus princípios, lutando por uma vida digna, honesta e pelo  direito de viver em paz.
Por outro lado, encontramos pessoas que simplesmente ignoram que o mundo foi feito para todos e que o direito de viver (com dignidade) não é privilégio para poucos. Pelo menos não deveria.

terça-feira, 25 de maio de 2010

Rir é o Melhor Remédio, Rir de Si Mesmo é a Cura!

Os efeitos positivos do riso já são comprovados cientificamente. Antigamente os médicos gregos recomendavam aos pacientes uma boa comédia para ajudar no combate a uma doença grave. Patch Adams ainda sonha com o seu hospital-circo e quem assistiu ao filme pôde ver a sua luta na defesa de que o riso aliviava as dores dos pacientes com doenças terminais. Esta iniciativa serviu de inspiração para o surgimento de vários outros doutores da alegria, ou doutores do riso por todo o mundo. No livro “Anatomia de Uma Doença”, Norman Cousins relata a cura de uma doença grave assistindo a seriados cômicos pela televisão.
A risada faz aumentar a secreção de endorfina que relaxa as artérias, melhora a circulação e beneficia a reação imunológica. Além disso, estimula a produção de adrenalina o que ocasiona mais irrigação nos tecidos que recebem mais oxigênio. O bom humor aumenta a capacidade de resistir à dor.

segunda-feira, 24 de maio de 2010

A Busca em Ser Diferente

Houve uma época em que eu me achava intelectual. Lia vários livros, freqüentava bibliotecas, filosofava sobre a vida, o céu e o mar...Achava que era diferente, quando na verdade era apenas mais uma entre tantos!
Com o passar do tempo, fui percebendo que ser diferente não consistia em buscar por caminhos difíceis e longos. Ser diferente era simplesmente uma questão de assumir a minha própria identidade. O meu EU verdadeiro! Deixando os modismos de lado, aprendendo a defender as minhas idéias e opiniões, buscando traçar o meu próprio caminho sem que a sua rota fosse influenciada por outras pessoas
.
Decidi, então, que era hora de seguir e descobrir o que de extraordinário poderia haver nessa caminhada. Conheci vários tipos de pessoas; boas e ruins, egoístas e solidárias, feias e bonitas, oportunistas e aquelas que me inspiraram: as generosas!
Meu pai sempre me dizia que nesta vida devemos conhecer de tudo um pouco e que não podemos discriminar ninguém. Fazemos a nossa seleção naturalmente, descobrimos quem realmente nos acrescenta valores positivos e úteis. Lembro de ouvi-lo dizer que nesta vida temos duas formas para aprender: com dor ou sem.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Plágio é Crime! Proibida a Cópia do Conteúdo desse Blog!!!