quinta-feira, 15 de abril de 2010

Dez Leis Para Ser Feliz – por Dr. Augusto Cury

Quem leuA Riqueza da Informação poderá acompanhar o resultado de minhas pesquisas a partir desta publicação. Falamos sobre o tal poema que muitos acreditam ser de Fernando Pessoa, quando na verdade é apenas a junção de alguns trechos do livro: Dez Leis Para Ser Feliz – Ferramentas Para Se Apaixonar Pela Vida, do psiquiatra Augusto Cury.

Circula pela internet, sob o título Pedras no Caminho:
“Posso ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes,
mas não esqueço de que minha vida é a maior empresa do mundo.
E que posso evitar que ela vá a falência.
Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver apesar de todos os desafios,incompreensões e períodos de crise.
Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e
se tornar um autor da própria história.
É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar
um oásis no recôndito da sua alma .
É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida.
Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos.
É saber falar de si mesmo.
É ter coragem para ouvir um 'não'.
É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta.
Pedras no caminho?
Guardo todas, um dia vou construir um castelo...”

Eu mesma adorei!
No livro do Dr. Augusto Cury, várias “ferramentas” são apresentadas para que tenhamos uma vida mais feliz. O trecho acima citado, faz parte das considerações finais do livro (grifei para que possam identificá-las).
Então, vou começar pelo final do livro para que possamos, posteriormente, acompanhar essas dez leis, passo a
Livro Dez Leis para Ser Feliz
passo.
Creio que a maioria das pessoas tem no máximo três dessas leis trabalhadas na sua personalidade. Mas há uma esperança. Este livro mostra a direção, mas só você pode caminhar. Quem viver essas leis revolucionará a sua qualidade de vida.
Os jovens deveriam conhecê-las desde os primeiros anos da escola, para que a felicidade não seja um delírio em sua história. Todos sonham com a felicidade, mas nunca uma palavra foi tão comentada e tão pouco compreendida.
Você pode ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes, mas não se esqueça de que sua vida é
a maior empresa do mundo. Só você pode evitar que ela vá à falência. Há muitas pessoas que precisam, admiram e torcem por você.
Eu reescrevi muitas vezes este livro. Elaborei cada idéia para que as dez leis que estudamos se transformem em dez ferramentas para você garimpar ouro. Ouro? Sim. Garimpar ouro no solo da sua inteligência, no território da sua emoção, no anfiteatro dos seus pensamentos. Poucos sabem garimpá-lo, por isso poucos vêem dias felizes.
Gostaria que você sempre se lembrasse de que ser feliz não é ter um céu sem tempestades, caminhos sem acidentes, trabalhos sem fadigas, relacionamentos sem decepções. Ser feliz é encontrar força no perdão, esperança nas batalhas, segurança no palco do medo, amor nos desencontros.
Ser feliz não é apenas valorizar o sorriso, mas refletir sobre a tristeza. Não é apenas ter júbilo nos aplausos, mas encontrar alegria no anonimato.
Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver a vida, apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise. Ser feliz não é uma fatalidade do destino, mas uma conquista de quem sabe viajar para dentro do seu próprio ser.
Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar um autor da própria história. É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma. É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida.
Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos. É saber falar de si mesmo. É ter coragem para ouvir um “não”. É ter segurança para receber uma crítica mesmo que injusta. É beijar os filhos, curtir os pais e ter momentos poéticos com os amigos, mesmo que eles o magoem.
Ser feliz é deixar viver a criança livre, alegre e simples que mora dentro de cada um de nós. É ter maturidade para falar “eu errei”. É ter ousadia para dizer “me perdoe”. É ter sensibilidade para expressar “eu preciso de você”. É ter capacidade de dizer “eu te amo”.
Desejo que a vida se torne um canteiro de oportunidades para você ser feliz...
Que nas suas primaveras você seja amante da alegria
Que nos seus invernos você seja amigo da sabedoria.
E quando você errar o caminho, recomece tudo de novo.
Pois assim você será cada vez mais apaixonado pela vida.
E descobrirá que...
Ser feliz não é ter uma vida perfeita. Mas usar as lágrimas para irrigar a tolerância. Usar as perdas para refinar a paciência. Usar as falhas para esculpir a serenidade. Usar a dor para lapidar o prazer. Usar os obstáculos para abrir as janelas da inteligência.
JAMAIS DESISTA DE SI MESMO.
JAMAIS DESISTA DAS PESSOAS QUE VOCÊ AMA.
JAMAIS DESISTA DE SER FELIZ. POIS A VIDA É UM ESPETÁCULO IMPERDÍVEL.
E VOCÊ É UM SER HUMANO ESPECIAL.”
(Dr. Augusto Cury – Dez Leis Para Ser Feliz - Editora: Sextante )
 

Um comentário:

  1. Amiga quero destacar do artigo: Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e
    se tornar um autor da própria história. Ouvi uma vezes uma palavra de dizia de inicio ninguém tem problema temos obstáculos, os problemas surgirão de como a pessoa ver os obstáculos.Um abraço

    ResponderExcluir

Deixe o seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Plágio é Crime! Proibida a Cópia do Conteúdo desse Blog!!!