sábado, 8 de maio de 2010

É Dando que se Recebe?

O relacionamento entre pessoas é a forma como elas se tratam e se comunicam (fonte: Wikipédia).
Aprendi ao longo de minha vida que devemos praticar o bem pelo próprio bem de fazê-lo. Que devemos dar, não pensando no que receberemos em troca, mas por descobrir que “doar-se” é uma boa opção. Ao doarmos, estamos dando o que de melhor há em nós e, em algumas vezes o pior também! Talvez essa seja uma excelente definição do amor. Não é raro ficarmos indignados por não recebermos na proporção imaginada aquilo que oferecemos às pessoas.
Tenho um amigo que sempre me dizia: “faça a sua parte com o coração, amor e convicção de que é o que realmente deseja. Nunca espere demais das pessoas, segundo as suas expectativas, pois nem todo mundo está preparado para atendê-las!” Claro que esta não é uma das minhas conclusões prediletas, pois como todos, espero (mesmo que inconscientemente) algum tipo de retribuição. Daí surgem as decepções, os desapontamentos e questionamentos de até onde vale a pena agirmos mas não interagirmos.Ora, se sou atenciosa, por que não receber atenção de volta? Se dou carinho, por que não posso ser digna de receber um pouco dessa poção mágica?

Penso num belo jardim e em suas flores. No quanto elas precisam de nossa atenção e cuidado em regá-lJ0182689as, podá-las, cultivá-las... Elas dependem disso para florescerem e crescerem cada vez mais belas e com mais vida! Não seriam assim também as relações? Mas, aí, andando pelas estradas, observo que há também aquelas que cresceram e floresceram por conta exclusiva da natureza. Sozinhas e em lugares pouco explorados, mas que, de alguma forma, sobreviveram. Minha mãe me dizia que a natureza sempre encontra um meio de sobrevivência. Mesmo contra a vontade do homem, ela sempre dá um jeito de nos mostrar vida.
Então, vejo dessa forma: há relacionamentos que crescem porque cuidamos, damos atenção a eles; mas há, também, os que existem por intervenção de força inexplicável, natural... Podem não ser tão bonitos como aqueles que dedicamos mais zelo, mas existem. Em algum lugar pouco notado, sempre tem uma beleza a espera de atenção e carinho.
Por que algumas pessoas insistem em relacionamentos que não florescem? Por mais que reguem, cultivem, dediquem tempo e carinho; não conseguem fazer com que a relação vire um verdadeiro jardim de encantos. Seria inteligente prosseguir?
Creio que  o certo seria cada um ter dentro de si o seu próprio jardim! Cultivá-lo com uma dedicação maior, escolher cores novas, tirar as ervas daninhas, plantar nele novas flores... Não espere que o J0178932jardim do próximo traga a beleza que você tem dentro de si. Seja o seu próprio jardineiro!
Faça isso por amor próprio, por saber que não existe contribuição maior a um relacionamento do que uma auto-estima bem trabalhada. Não espere que o outro faça isso por você. Não cobre o que você deu, contando com algum tipo de retorno. Por mais que seja difícil dizer eu te amo e em troca obter um vago suspiro, fique em paz com você! Pense que fez o que o seu coração pediu. Se você ajudou e não teve agradecimento, se sorriu e não teve resposta; acredite que nada passa despercebido aos olhos de Deus! O melhor relacionamento é aquele no qual o amor de um pelo outro é maior do que a necessidade que um tem do outro.
Vou deixar como conselho, o mesmo que recebi de meu amigo: quando fizer o bem, faça porque quis, porque o seu coração te guiou... Quando se entregar num relacionamento, dê o seu melhor... Amar envolve riscos. Temos que estar preparados para eles! Se a outra parte não floresceu, não se culpe! Talvez não seja o tempo dela! Você fez a sua parte.
É dando que se recebe? Nem sempre de imediato. Mas pense que nas mãos de um bom jardineiro, essa semente plantada com amor e carinho, sem a pretensão de retorno, possa vir um dia a dar belos frutos! Vou encerrar com um provérbio chinês que diz:
Aquele que faz e promove o bem, cultiva o seu próprio êxito!”.


Jackie Freitas
*Imagens retiradas do Google Imagens

17 comentários:

  1. Jackie,

    essa eu sei de cor, algumas pessoas, sao coraçao, sao entrega, sao cuidade, sao doaçao, sao emoçao, sao tudo em um so momento, e estao totalmente aptas a apreciar o amor, e se dar totalmente a este amor, e as vezes quem recebe tudo isso, ou naum esta totalmente preparado, ou tem medo de receber, ou naum sabe retribuir a altura, ou acha q naum e necessario, que somente pelo fato de estar ao lado da pessoa que o ama, ja eh o suficiente pra demostrar o amor retribuido, o que naum e verdade, pq toda entrega necessita de uma troca, senao cansa, vira monotonia, apenas dar e nao receber nada, vira rotina apenas doar, e um dia a pessoa acorda, ai para a doaçao? e ai eu repasso a pergunta a quem souber responder, e ai? depois que perdeu? se consegue retomar do ponto que parou? a passoa imediatamente sente falta do que jogou fora naum dando importancia a tanto amor dispensado e naum retribuido?

    o que se faz com uma pessoa assim? da uma segunda chance, ou abre os braços para a vida e da uma chance pra vc receber amor sem ter que implorar por ele??????????

    Bjs Jackie no coraçao........

    ResponderExcluir
  2. Oi Minha doce e querida Âme!
    Acho que se você fez o que é da sua natureza e essência, está tudo certo! Como meu amigo dizia, nem todo mundo está preparado para corresponder o que doamos, segundo as nossas expectativas. Cada um tem seu tempo e a sua maneira de encarar ou expressar o seu amor. Alguns simplesmente não expressam. Ou por insegurança, ou por despreparo ou por falta de sentimento mesmo! Cabe a cada um decidir o que quer para si: lidar com essas diferenças ou buscar alguém compatível e que possa proporcionar o que procuramos. Meu pai me dizia, de maneira bem simples, que cada pé tem o sapato do seu número! rsrs... Seríamos, então, cinderelas esperando o sapatinho perfeito ou o príncipe a espera dos pés para o sapatinho?
    Beijos, minha linda! Fique com Deus!
    Jackie
    Ahh...obrigada pela mensagem do Dia das Mães! Adorei!

    ResponderExcluir
  3. Eu não sou Cinderela......

    não faço o gênero...... sou Alice, eu gosto de sonhos......

    mas sou o lado negro da Alice lembra, essa alice não sonha, reliza...... rsssssssss (pretenção mode on)

    Eu espero um homem de verdade, q preencha, não um principe, pq não quero que ele vire sapo, cansei dos sapos......

    bjocas............

    ResponderExcluir
  4. Oi minha linda!
    Eu sonhava com o meu príncipe! Engoli e beijei muitos sapos na vida...rs...você nem imagina! Mas, acreditei em meus sonhos e um dia o meu príncipe apareceu! Estou há 13 anos com ele e até agora ele não virou um sapo!hahahaha...acho que não vai virar... Mas, tirando o meu lado extremamente romântico, claro que sempre quis um HOMEM de verdade ao meu lado...melhor: UM COMPANHEIRO! Um amante, um amigo... Passei por todas as faces de todos os personagens das histórias...até bruxa eu fui um dia...mas, amiga, independente de qualquer coisa ou personagem, nunca deixei de ser mulher! Uma mulher decidida e convicta de suas vontades e desejos. Nunca abri mão disso e acho que o meu príncipe/homem compreendeu com tanta perfeição que me ama e faz da nossa vida uma linda história de amor...do nosso lar, um castelo belo e seguro... Sou feliz em meu reino e é isso que desejo às minhas Fênix!
    Grande beijo,
    Jackie

    ResponderExcluir
  5. Jackie querida!
    Adorei o texto. Acredito que devemos sim doar carinho sem esperar nada em troca, pois certamente se esperarmos isso pode nos frustrar.
    Acredito que fazendo este tipo de doação sem exigências normalmente obtemos retorno cedo ou tarde.
    Não é porque um amor retornou um suspiro ao dizermos "eu te amo" que devemos parar de dizer este lindo sentimento. Pois, na minha opinião, ao pararmos de doar nosso carinho, podemos perder a chance de ver florescer um lindo amor.
    Adorei o post querida.
    Beijo no coração, Fernandez.

    ResponderExcluir
  6. Olá meu querido amigo!!
    Eu que adorei por te ver aqui e saber que o post te agradou! Sabe, tenho escutado tantas reclamações sobre isso! Tantas pessoas dando e esperando "algo" em troca. Eu, confesso, aprendi a duras penas a dar sem contar com o receber...fazer o bem, pelo próprio bem! Minhas relações melhoraram muito depois dessa consciência. Hoje faço o que gosto, como gosto e porque eu quero. O que vier a partir disso é só uma conseqüência.
    Beijo grande, meu querido e obrigada por participar!
    Jackie

    ResponderExcluir
  7. Minha amiga eu creio que devemos sempre dar amor sem esperar nada em troca porque muitas vezes é frustante o retorno da outra pessoa!

    O amor transforma o mundo!

    Beijosssssss...............

    ResponderExcluir
  8. Muito bom Jakie .
    Concordo plenamente . Como eu sempre digo : não seja a metade da laranja , esperando a outra metade , mesmo que a gente ainda não seja inteiro , procure se inteirar se doando ... esse espírito de doação é que vai nos completar . Não é o outro . A nossa felicidade está em fazer o outro feliz , portanto está em nossas mãos .

    Obrigado Jakinha pela visita e pelas belas palavras que deixou lá . Tenha um ótimo dia .

    ResponderExcluir
  9. Olá minha linda Thata!
    É isso mesmo! Dar amor nos faz muito bem, mesmo que não haja retribuição. No final das contas nós ganhamos muito mais que perdemos...Quem não sabe aproveitar ou identificar um amor doado, não só perde uma grande oportunidade de usufruir desse sentimento como também de descobrir a beleza de quem o doou.
    Muito obrigada, amiga, pelo carinho de sempre!
    Um grande e carinhoso beijo!
    Jackie

    ResponderExcluir
  10. Oi meu querido Massoterapeuta!
    Bom te ver comentando e prestigiando as minhas publicações! Você é um amigo e parceiro fiel.
    Procuro acreditar que quando doamos o nosso melhor, estamos contribuindo com o crescimento de alguém. Mesmo que a pessoa não se dê conta, mas através da generosidade de nossos sentimentos, podemos sempre oferecer o melhor! Claro que o pior, muitas vezes, acaba sendo captado, mas doação é assim: alguns têm o seu melhor para dar, outros apenas o seu egoísmo...portanto, não oferecem nada!
    Grande beijo,
    Gosto muito, de verdade, de você!
    Jackie

    ResponderExcluir
  11. agora que vi, e achei legal ver os comentarios da Ly(AmÊ)
    ahahha
    jackie, cansei de levar na cabeça por essas coisas de dar, emprestar e sei la mais o quÊ, e nao ter o mesmo de volta. Mas, fazer o quê né?
    bjs

    ResponderExcluir
  12. Jackie,

    Que texto magnífico minha amiga!

    É na doação que recebemos sempre.

    Se doamos amor recebemos amor, se doamos uma flor recebemos um imenso jardim...

    Os nossos corações são capazes de doar e receber, mas é uma pena que muitas pessoas não têm essa capacidade de doar e doarem-se, pois não conseguem enxergar além do próprio umbigo.

    Adorei!

    Bjs.

    Rosana.

    ResponderExcluir
  13. Oi minha amiga Rosana!
    Que prazer imenso em tê-la no meu cantinho...Você, mais do que ninguém, pode-se dizer uma Fênix, amiga! E escreveu, muito sabiamente: "se doamos uma flor, recebemos um imenso jardim!". Acho que se cada um exercitasse um pouco desse ato, certamente teríamos mais jardins a serem admirados. Tento não perder a fé, afinal, no meio de tantos escombros da humanidade, ainda podemos encontrar pessoas como você!
    Um grande e carinhoso beijo e muito obrigada por me visitar!
    Jackie

    ResponderExcluir
  14. Oi Dieguito!
    Pois é, meu amigo, infelizmente nem todos estão preparados para essa troca...Alguns mais pensam em dar do que receber...outros em receber do que dar...Não há equilíbrio e, invariavelmente, surgem as cobranças, decepções e frustrações...Não podemos julgar quem está certo ou errado. Acho que se você agiu consciente do seu desejo de fazer o que era certo e se partiu do seu coração...tudo bem! Como escrevi: nada passa despercebido aos olhos de Deus!
    Grande beijo, meu amigo,
    Jackie
    P.S.: A Âme é uma grande e querida Fênix! Somos unidas, pensa o que? rsrsrs

    ResponderExcluir
  15. Sensacional, muito bom seu texto amiga, nota 10.
    Abraços forte

    ResponderExcluir
  16. Olá meu querido amigo Príncipe!
    Poxa, já estava com saudades do seu comentário por aqui!
    Fico muito feliz que tenha gostado. Quando as palavras saem do coração, impossível a comunicação não ser através do mesmo, né?
    Um grande beijo!
    Jackie

    ResponderExcluir
  17. Oi Jakie.
    Muito bom seu texto.
    È preciso ter consciência de que está dando sem querer nada em troca,assim não terá uma decepção.
    A única pessoa que podemos dar e receber de volta em dobro é DEUS,só Ele mais ninguém.
    Tô adorando te conhecer.
    Muitos beijos
    Fique com Deus

    ResponderExcluir

Deixe o seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Plágio é Crime! Proibida a Cópia do Conteúdo desse Blog!!!