segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Uma Releitura… Um Recomeço…

Outro dia escutei alguém dizer: “se Deus escreve certo por linhas tortas, tenho que aprender a ler de novo!”.
E aqui estou eu pensando nessa frase, fazendo uma “releitura” da vida e, como sempre, reformulando alguns conceitos...
Acredito que nada na vida aconteça por acaso, sem motivo ou propósito! Se formos condutores dela, obviamente, somos nós que traçamos os nossos próprios caminhos! Apenas nos deparamos com situações que exigem de nós decisões ou atitudes que nos façam mudar o rumo ou mantermo-nos no mesmo.
As consequências nem sempre são aquelas que gostaríamos ou sonhávamos, mas são, sem dúvida, influenciadas por nós!
Podemos viver momentos gloriosos e, de uma hora para outra, entrar no inferno das provações, dos desafios e da resistência. Quem somos nós para questionar?
Somos as pessoas mais importantes e interessadas nisso!
Sim, somos nós que devemos colocar em xeque as próprias decisões, observar se para onde estamos indo é realmente o lugar que queremos chegar e se o que fazemos é o melhor que podemos oferecer a nós mesmos!
Muitas vezes seguimos desnorteados, entregando nossa sorte ao destino, isentando-nos de culpas e responsabilidades, ou pior, entregando-as aos outros, sem querermos o trabalho de “reler” a vida ou rever nossos conceitos! E por mais complexa que ela nos pareça, podemos reassumir o comando, revendo rotas e estabelecendo nosso “destino”. Eu sei que é complicado pensar nisso sem sentirmo-nos onipotentes, afinal, para muitos o futuro pertence a Deus, assim como o próprio destino!
Se fizermos uma releitura, entenderemos que não é verdade afirmarmos que tudo que nos acontece depende apenas da vontade de uma força superior. A experiência é nossa e a vida também! A meu ver, tal força está contida dentro de nós, esperando ser usada para as conquistas e superações da vida.
Claro que não duvido de nenhuma crença, mas ainda acredito que é exatamente a força da crença (ou fé) que nos faça seguir pelos caminhos, enfrentando todos os obstáculos. Justamente quando se perde a fé e se entrega ao fracasso, deixa-se que a “sorte” determine o destino... E a vida é muito valiosa para que a entreguemos nas mãos da sorte…
Então, o que eu gostaria para mim (e desejo para todos) é força para manter a fé viva e que ela, (a fé) mantenha a vida em movimento. Que os caminhos sejam desbravados e que cada passo seja razão para orgulho, pois serão eles que nos levarão ao lugar que devemos chegar, independente da sorte ou responsabilidade do destino. Os comandos são nossos!
Deus escreve de muitas maneiras e a leitura depende de nossa capacidade de traduzir as mensagens... Mas, com certeza, se não fizermos constantemente uma releitura da vida, estaremos sempre envoltos pela grande interrogação que nos limita e impede de seguir pelos novos caminhos que surgem à nossa frente! O certo pode não estar nas linhas tortas, mas no que aprendemos com a leitura toda... ou, na releitura!
Se nos falta a capacidade de compreensão, aprendamos a ler novamente, porque a escola da vida nos ensina diariamente, a cada minuto... Se nos falta a visão, usemos novas lentes... Se nos faltar, ainda assim, o sentido de tudo, então é melhor recomeçarmos...
Às vezes, o recomeço faz toda a diferença!
Jackie Freitas
“Recomeça... se puderes, sem angústia e sem pressa e os passos que deres, nesse caminho duro do futuro, dá-os em liberdade, enquanto não alcances não descanses, de nenhum fruto queiras só metade.”
*Imagens retiradas do Google Imagens

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Plágio é Crime! Proibida a Cópia do Conteúdo desse Blog!!!