domingo, 25 de setembro de 2011

Mentira ou Verdade?

A mentira não é a ausência da verdade... E a maior verdade existente na mentira é aquela que desnuda a face e a consciência de quem mente.
Mentira é uma manipulação arbitrária e egoística, onde histórias são recriadas para beneficiar uma única pessoa: o mentiroso.
De modo simples pensamos que não existem razões para mentir e que a verdade sempre será capaz de corrigir erros, desfazer enganos e preservar os princípios... Mas onde ficam os princípios quando as pessoas mentem por quaisquer razões ou até mesmo para protegerem-se de si mesmas?
Outro dia escutei alguém dizer que uma única mentira, mesmo que pequena, é capaz de mudar uma vida. Acredito nisso! A mentira é o atalho que parece seguro, mas que pode nos levar a caminhos mais longos e difíceis, afinal, sustentá-la exige esforços intermináveis, pois a mentira só consegue se alimentar de outra mentira! E seu apetite é insaciável, tendendo sempre a aumentar.
Pessoas se tornam escravas de suas mentiras e a maioria não se dá conta de que as chaves para a libertação estão na verdade. Sim, é preciso percorrer o caminho de volta e retomar o início de tudo para descobrir onde a verdade fora perdida e em qual curva do caminho a deixamos partir; porém é assim que reconquistamos a paz de espírito que nos permite andar novamente de cabeça erguida e sem qualquer medo.
Aqui em casa dizemos que a mentira é um artifício que, aparentemente, atenua sofrimentos, mas que seu efeito é justamente o contrário: o de prolongar todos os tipos de sofrimentos!
Por mais que doa, não tenha medo de dizer a verdade! A sua consciência é que deve prevalecer no final das contas. Ninguém é perfeito e todos nós estamos sujeitos aos inúmeros erros na vida; contudo, a verdade, mesmo que traga desgastes, ainda é o preço mais justo a ser pago.
A mentira, como dizem, tem pernas curtas e acaba se tornando nossa própria armadilha. Uma pessoa pode conseguir mentir para uma, duas, três... mas não consegue mentir para todo mundo ao mesmo tempo, então, é preciso tomar cuidado para que a mentira não crie forças incontroláveis e se torne um aparente habitat seguro.
Não deixe que a mentira molde o seu caráter ou a sua personalidade. Enfrente-a! Olhe para ela com superioridade e mantenha consigo o escudo da verdade. Somente com verdade compreendemos o respeito pelos outros e, principalmente, por nós mesmos. É a verdade que nos permite o sono dos justos... É ela que nos mantém acordados para a realidade e, por mais difícil que qualquer realidade seja, ainda assim é com o auxílio da verdade que nos tornamos valentes para a vida. A mentira é um remédio que jamais cura as dificuldades da vida, ao contrário, ela apenas aumenta as dores e provoca feridas profundas.
Nunca subestime quem recebe a mentira, porque no final de tudo, a única pessoa a pagar por ela é você mesmo! Como dizia Renato Russo: mentir pra si mesmo é sempre a pior mentira!
Jackie Freitas
Assim como uma gota de veneno compromete um balde inteiro, também a mentira, por menor que seja, estraga toda a nossa vida.”
*Imagens retiradas do Google Imagens

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Plágio é Crime! Proibida a Cópia do Conteúdo desse Blog!!!