segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Liberdade… Liberdade!

Com o passar do tempo, aprendemos a simplificar as coisas. O que antigamente nos consumia eternos e, em alguns casos, torturantes momentos de dúvidas, se torna equações simples que nos faz ver que perdemos tempo demais acumulando inutilidades que nada nos acrescentam. Aprendemos a nos desfazer dos pesos, afinal queremos apenas leveza e qualidade para a vida e, por isso também, nos tornamos mais seletivos...
Conforme o tempo passa, confirmamos a rapidez e brevidade da vida e nos perguntamos se realmente vivemos da forma que queríamos...
Alguns conceitos, antes complexos, se transformam em chaves que abrem portas e nos mostram belezas inexploradas, desvendam mistérios e nos libertam... Aliás, liberdade passa a ter outra conotação. Quando jovens, a olhamos como uma porteira a ser aberta para que corramos pelos campos da vida, desnorteadamente em busca de um tudo, que no final se torna nada...
Depois, com o passar do tempo, percebemos que liberdade nada mais é que a tranquilidade de se fazer tudo, em seu tempo, sem a menor pressa ou preocupação para obtermos o que realmente nos terá significado. É nos permitirmos, no meio ao turbilhão das emoções, andar em passos curtos, saboreando cada momento e oportunidade que a vida nos oferece. E fazer tudo sem culpas ou remorsos...
Mark Twain escreveu: “Daqui a alguns anos você estará mais arrependido pelas coisas que não fez do que pelas que fez. Então solte suas amarras. Afaste-se do porto seguro. Agarre o vento em suas velas. Explore. Sonhe. Descubra.”. É uma pena que demoramos tempo demais para soltarmos as amarras e compreendermos, de fato, o verdadeiro conceito da liberdade.
Isso aqui não é papo de gente velha... Nem conselho... Diria que é somente um chamado a uma vida mais honesta e coerente aos nossos sentimentos e vontades. Ela será sempre o que é; pequenas peças de problemas, preocupações e chateações, com momentos felizes e tristes, lembranças doces e amargas, de conquistas e derrotas, que, juntas, comporão um cenário... Precisamos nos enxergar neste cenário e sabermos se fazemos parte do seu contexto ou se apenas deixamos as peças amontoadas e sem sentido.
Por isso a necessidade do chamado! Para que aproveitemos melhor o nosso tempo e o usemos com sabedoria em prol de algo realmente importante: nós! Temos prazo de validade e nunca se sabe quando acabará.
Um pouco de loucura não nos fará mal algum, contanto que ela não nos aprisione num mundo de ilusões. Veja todas as possibilidades e as explore, descobrindo a vida de forma ilimitada, descobrindo-se um pouco mais a cada dia... Reveja a sua trajetória e, caso ela não te agrade, corrija a rota e percorra novos caminhos... Não tenha pressa, mesmo diante da brevidade da vida. Faça tudo o que puder, mas não de forma descontrolada e sim com discernimento, objetividade e qualidade! Use a liberdade ao seu favor! Se Deus nos deu o livre arbítrio, Ele também nos deu a liberdade para fazermos escolhas; então, escolha a melhor forma de viver, mesmo que os ponteiros do relógio corram diante dos seus olhos.
Viva aquele sonho antigo e recorrente, lembre-se das promessas feitas àquela criança que um dia habitou em você... Acorde-a e brinque com ela, cumpra ao menos uma de suas promessas.
Acredito que independente do que passamos pela vida, o importante é saber que vivemos com intensidade, consciência e, sobretudo, dando o nosso melhor para que guardemos na memória o melhor cenário... Não espere o tempo passar mais para que os arrependimentos te atormentem... Viva e faça acontecer, agora!
E não se culpe por nada! Lembre-se que você está apenas exercendo o seu direito de viver, usufruindo de sua liberdade. Faça tudo o que puder para ser feliz, ao seu modo e em seu tempo. Não tenha pressa, apenas se concentre em você! Faça o que tiver que ser feito e lembre-se da dica de Edson Marques: ...”a direção é mais importante que a velocidade...”.
Jackie Freitas
*Imagens retiradas do Google Imagens

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Plágio é Crime! Proibida a Cópia do Conteúdo desse Blog!!!