sexta-feira, 1 de abril de 2011

Apenas Começando…

Este texto, a princípio, é um momento particular meu, de celebração (talvez ainda sob o efeito desse primeiro ano de blog) e agradecimento, mas com uma mensagem que abrange a todos como lição ou forma de se encarar a vida...
Hoje, meu irmão completa 34 anos de vida! 34 anos! Como o tempo passou... Ao entrar logo cedo no Skype, recebo um aviso (como se eu precisasse) de que hoje é o dia de seu aniversário e a mensagem que li, deixada por meu irmão, foi: “Tenho apenas 34 anos!”.
Baseada nessa frase e tomada pela emoção causada por ela, resolvi escrever  porque são essas pequenas coisas que nos fazem parar para refletir sobre a grandeza da vida e tentar extrair dela um significado mais importante do que costumamos dar...
A visão é, sem dúvida, uma forma de nos conduzir e posicionar diante da vida. Através dela podemos fazer dessa jornada um prazeroso passeio ou um fardo insuportável. Para muitos, talvez, completar 34 anos, ou 24 ou 43 ou qualquer idade; significaria um peso de idade! A frase que muitos usariam seria: “Nossa! estou com 34 anos!”. E isso soaria como uma lamentação ou tristeza pelo peso dos anos vividos. Não para o meu irmão! Para ele, são apenas 34 anos! Isso nos faz ver que, apesar de todas as dificuldades que todos nós temos (sem exceção!), a vida pode ser celebrada e agradecida por todas as experiências que ela nos proporciona, pelo que somos, conquistamos e até pelo tanto de erros que cometemos. Como sempre abordamos aqui, a cada dia temos a oportunidade de renascer, de mudar o curso da nossa história, de fazer diferente... Existem várias formas de se enxergar a mesma situação e, com certeza, é essa visão que faz toda a diferença nos caminhos que escolhemos.
Não importa quantos anos completamos! O que importa é como nos vemos neste exato momento! Podemos, aos olhos alheios, estarmos mais velhos; mas aos nossos olhos, estarmos apenas no começo de uma grande aventura! E mesmo sabendo que esse tempo passa rápido; mergulhamos de cabeça, porque viver é muito mais do que o tic-tac do compasso de um relógio. Viver está além de calendários e prazos, de rotinas e compromissos... Viver é uma celebração da idade como forma de aprendizado, da vitória de se estar exatamente onde devemos estar e no momento em que estamos. Somos nós que escolhemos os caminhos, somos nós que decidimos a forma como queremos viver!
Meu irmão talvez nem tenha noção do quanto essa pequena frase me emocionou e me fez feliz! Em sua contagiante alegria e forma de celebrar a vida (porque ele a celebra todos os dias!), me relembrou o quanto devemos agradecer por essa bênção! A sua existência, por si só, já significa para mim a celebração, mas ainda assim ele me faz ver que cada precioso momento é um presente divino que deve ser apreciado, saboreado e comemorado.
Sinto-me criança novamente e meu irmão conseguiu me levar de volta à velha infância para lembrar que ainda somos aquela concentração de alegria e energia. Não estamos mais velhos, poxa vida! Estamos apenas no meio do passeio e ainda nos divertindo muito!
Completar mais um ano de vida é olhar-se no ápice da sua juventude espiritual e na enorme vontade de descobrir o que ainda virá pela frente... E meu irmão enxerga longe... Ele ainda corre pelas ruas, sente no rosto o frescor dos dias, não se intimida com a vida e comemora com ela o seu renascimento.
Como escrevi no começo, esse é um momento pessoal meu, mas espero que todos possam enxergar-se nele. Lamentar-se pela vida é fácil. Fácil demais! Difícil é conseguir celebrar cada dia vivido e agradecer por isso. Mais difícil ainda é poder olhar para trás e dizer: “Estou aqui! E ainda estou apenas começando!”.
Este texto é dedicado ao meu irmão Fábio Freitas. Amado por tudo o que é; pelo que me ensina, pela força e amor incondicional e por ser exatamente o melhor irmão que Deus poderia me dar!
Jackie e FábioMano, eu te vi nascer e hoje estou muito emocionada por poder ver o grande homem que você se tornou! Não vou ser ingrata porque Deus tem me concedido tudo o que pedi a Ele e tenho certeza que muitas bênçãos ainda virão... Afinal, você está APENAS com 34 anos, mas estamos juntos e ainda só no começo! Parabéns, meu amor!
Te amo!
Jackie Freitas
*Imagens retiradas do Google Imagens

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Plágio é Crime! Proibida a Cópia do Conteúdo desse Blog!!!