terça-feira, 20 de dezembro de 2011

O Ano Novo Somos Nós… Renovados!

Quando perguntada sobre os maiores obstáculos que tivera que superar na vida, uma famosa atriz respondeu que preferia manter em sua lembrança não os obstáculos em si, mas os seus frutos: aprendizado, superação, vitórias e conquistas...
Não tinha ainda em minha mente uma mensagem de final de ano formatada, mas após assistir a essa entrevista, enchi-me de coragem e inspiração para fazer um pedido e, espero que ele sirva como reflexão e estímulo para todos.
Ao longo de nossas vidas vamos somando fracassos e erros, fazendo, muitas vezes, com que eles se tornem orientadores de nossos passos inversos e até mesmo que sejam porta-vozes de quem somos. Por que digo passos inversos?
Porque é assim que passamos a caminhar (para trás) quando permitimos que nosso espírito se alimente das derrotas. Esquecemo-nos de que as guerras são compostas por inúmeras batalhas, onde algumas vencemos e outras perdemos, mas que as perdas, de modo algum, devem determinar fracasso, incompetência ou muito menos dizerem quem e como somos.
Já refletimos muito sobre esse assunto e chegamos juntos à conclusão de que perder, em certos momentos, representa algum tipo de ganho e é essa a maior lição que devemos tirar de nossas batalhas. As perdas sinalizam o nosso despreparo para algumas ações e a falta de uma visão estratégica para enfrentarmos às adversidades, contudo aprendemos que é através delas e também do inimigo, que nos fortalecemos e superamos nossas próprias batalhas. Muitas vezes o maior inimigo e sabotador mora dentro de nós, principalmente quando a sua voz ressoa tão forte que faz com que deixemos de acreditar em nossa capacidade e força para enfrentar qualquer obstáculo. As pessoas podem até dizer que somos fracos ou incapazes, mas cabe a nós acreditar ou não e, melhor ainda, provar, não a elas, mas a nós mesmos que somos vencedores porque não esmorecemos diante de nenhuma batalha, tampouco da vida!
Portanto, querido leitor, o meu desejo, pedido e mensagem de final de ano é para que você se veja forte, mesmo que a vida o enfraqueça em alguns momentos. Se cair, levante-se de cabeça erguida e tenha consigo mais um aprendizado e não uma derrota! Extraia de cada experiência, sendo ela boa ou ruim, todo o aprendizado que puder para que nas próximas batalhas você esteja mais forte e corajoso. Não tema o inimigo, enfrente as suas fraquezas e supere-se sempre! Lembre-se de que os fortes são capazes de renascer e os fracos entregam-se para a morte! E a pior morte (também já refletimos sobre isso) é aquela que acontece dentro de nós, que nos paralisa e impede de olharmos o que há adiante...
Mais um ano está acabando... Muitas lutas foram travadas sob o banho de lágrimas e a dor nos paralisou algumas vezes. As perdas (se assim podemos chamá-las) ficaram para trás, porque tudo que já passou faz parte do passado e deve apenas servir-nos como lição para que tenhamos um presente e futuro renovados de confiança e fé... Fé em nós, acima de tudo, porque temos a capacidade de transformar o que quisermos!
Quando perguntar a si mesmo sobre seus obstáculos na vida, não se remoa em dores e lástimas. Lembre-se que se estamos aqui e agora é porque de um modo ou outro os superamos e é este o nosso presente (literalmente)! Entregue ao passado todas as derrotas... Ele saberá o que fazer e onde guardá-las, mas não se esqueça das suas vitórias! Faça delas, sempre e cada vez mais, motivos de orgulho e inspiração para a continuidade dessa história, da SUA história! Jamais se desmereça e nem permita que os outros contem com inverdades uma história que não seja a sua! Conte-a você mesmo, cheio de orgulho e com algo a ensinar, mas sem perder a humildade do aprendizado, porque as outras pessoas também nos ensinam com suas histórias e exemplos! E, muito importante, não se esqueça que em qualquer batalha, principalmente nas nossas, nosso maior aliado é aquele que mora dentro de nós! A vida, com todas as suas adversidades, é uma grande escola; então, aprenda com ela. Olhe-a com gratidão e respeito, olhe-se com carinho e exercite sempre o perdão, principalmente para consigo mesmo! Não exija dos outros o perdão que você é incapaz de conceder-se... E com a alma renovada e o espírito leve, caminhe olhando para frente, apreciando otimista um grande horizonte que desponta todos os dias diante dos seus olhos, almejando conquistas e ciente de que não serão as quedas ou as falhas que dirão quem você é! Alimente a sua capacidade de superação, porque é ela que te dará vida e dirá de verdade o quão extraordinário você é!
Nenhum ano será realmente novo se não pudermos enxergar o novo... Nenhuma promessa será cumprida se não houver a certeza de que toda a diferença nesta vida é feita única e exclusivamente por nós!
Carpe Diem! Que nossos dias sejam abençoados, iluminados e nos levem a um futuro de boas colheitas...
E Boas Festas!!!
Jackie Freitas
“Ama de igual amor o poluto e o impoluto;
Começa e recomeça uma perpétua lida;
E sorrindo obedece ao divino estatuto.
Tu dirás que é a morte; eu direi que é a vida.”
Este texto é dedicado à minha filha Carolina, para que ela JAMAIS se esqueça de sua grandeza e não tema o seu futuro!
*Imagens retiradas do Google Imagens

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Plágio é Crime! Proibida a Cópia do Conteúdo desse Blog!!!