Mostrando postagens com marcador Relacionamentos. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Relacionamentos. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 7 de setembro de 2012

Saber Conviver… Saber Viver

Somos surpreendidos a todo instante... A vida é uma caixa de surpresas e nos proporciona tantas dádivas! Por mais que acreditemos no infortúnio ou na má sorte; ainda temos um saldo positivo a ser comemorado.
Não acredito em conspirações malignas! Não creio que o universo, em sua imensidão e beleza, despenda do valioso tempo para articular o mal contra nós. Penso que tudo o que recebemos faz parte de uma troca... Somos a causa e o efeito, e colhemos o que plantamos. Mesmo quando os frutos demoram a aparecer... eles aparecem! Então, se semeamos coisas boas, os bons frutos resultantes de nossos esforços aparecerão... E o inverso também acontece! Com o diferencial de que as más energias se propagam em outra velocidade, ou seja, a colheita da prática do mal chega rapidamente!

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

O Amor e suas Dores

Outro dia, assistindo um filme, vi uma cena onde o protagonista dizia que o amor dele era tanto que chegava a doer... No final ele chegou à conclusão de que o amor não deveria causar nenhum tipo de dor, portanto, o dele estava errado...
É certo que buscamos no amor algum tipo de conforto pra alma, recompensas, justificativas e vários sentidos para a vida; mas sabemos que não caminhamos o tempo inteiro sob o céu de brigadeiro... Encontramos tempestades, nuvens escuras e vendavais. E, mesmo o amor verdadeiro, construído em bases sólidas, capaz de resistir a tudo, não está imune às diversas provações da vida.

domingo, 5 de agosto de 2012

O Tempo e suas Bênçãos

Queridos Leitores,
Este é um momento particular que compartilho com todos vocês. Perdoem-me por utilizar este meio para demonstrar toda a felicidade e emoção que sinto, mas estou em casa e muito à vontade para dizer-lhes que a minha primogênita completou os seus dezoito anos!
Uma vez li um texto muito bonito, recebido por e-mail e publicado aqui no blog. Há um trecho dele que gosto muito e com o qual irei começar minha mensagem: “... que não digamos apenas eu te amo, mas ajamos de modo que aqueles a quem amamos, sintam-se amados mais do que saibam-se amados.
Não tenho certeza se fui (ou sou) uma boa mãe. Aliás, dizem que ser mãe é viver eternamente com o peso da culpa de achar que nunca se é boa o suficiente ou de que tenha feito as coisas certas... Espero que eu tenha dito muitos “eu te amo” à minha filha e espero, mais ainda, que ela, apesar dos pesares, tenha se sentido muito amada...

segunda-feira, 23 de julho de 2012

As Duas Faces do Julgamento

Há uma referência bíblica que diz: “não julgueis para não serdes julgados...”. Apesar de muitos de nós pronunciarmos estas palavras com convicção e, às vezes, com um “q” de sabedoria irrefutável; na prática passamos o tempo todo julgando com a mesma irracionalidade daqueles que nos julgam.
Talvez seja difícil conter nossas opiniões sobre os outros e, principalmente, não usá-las inapropriadamente. O que nos torna capazes de fazer julgamentos e, consequentemente, determinar o caráter de uma pessoa? Quais são os critérios utilizados para que os julgamentos se transformem em sentenças absolutas contra alguém?

domingo, 3 de junho de 2012

A Corrente do Bem

Os meus filhos passaram pela experiência da “Corrente do Bem”. Proposta pela escola em que estudam, vivenciaram uma semana de prática e recebimento do bem, percebendo, desta forma, os seus reflexos... Reflexos que puderam ser sentidos, inclusive, por todos nós que estamos diariamente com eles.
Essa experiência, com toda a sua simplicidade e princípios tão básicos, porém, de extrema importância; fez com que eu retomasse a velha e boa reflexão sobre a origem do bem.
Pensamos muito, e às vezes de forma equivocada, em como podemos ajudar ao próximo e, assim, modificar o mundo. Pensamos com exaustão num modo de promover o bem para que nossas ações sirvam de exemplo e inspiração às outras pessoas. Entretanto, numa simples lição de casa é possível identificar o bem em sua essência e compreender que não há fórmulas mágicas ou impossíveis para que seus efeitos sejam positivos e corram numa velocidade surpreendente...

segunda-feira, 21 de maio de 2012

Liberdade: Direito ou Escolha?

Este texto é para todos aqueles que, de alguma forma, vivem inseguros e com medo, presos em algum tipo de relacionamento que impede a manifestação e exercício da liberdade.
Lembro que quando era pequena, queria poder fazer tudo o que tivesse vontade... Lembro-me ainda do meu pai dizendo: “liberdade se conquista!”...
Pois bem; após todos esses anos de experiência e inquietações, vou discordar de meu pai. Liberdade não se conquista, ela é um direito nato de todos os seres (humano ou animal) e ninguém tem o direito de limitá-la ou tirá-la  como se fosse peça disponível em tabuleiro, pronta para atender às jogadas dos outros... Do mesmo modo, nós também não temos o direito de comprometê-la ou colocá-la em risco.

domingo, 26 de fevereiro de 2012

Surpresas da Vida

Olá a todos! Sei que ando ausente e peço desculpas por isso...
Talvez nem fosse necessário, afinal a vida é assim mesmo, feita de encontros, desencontros e reencontros...
Tenho pensado em compartilhar minhas experiências novas, falar sobre as minhas descobertas, mas, principalmente sobre as redescobertas... E quantas foram!
Curioso como a comodidade ou preguiça podem nos tornar pessoas reclusas, escondidas e refugiadas, perdidas em algum lugar dentro de nós mesmos... Temos receio de trilhar por caminhos desconhecidos, mas percebo que são as referências do que conhecemos que faz com que nos fechemos para o mundo e todas as experiências que ele pode nos proporcionar. Fechamos nossas portas e dizemos à vida: “Passe depois... Agora não estou preparado!”. Mas quando estaremos afinal?

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Com Licença, Posso Ser Feliz?

Quantas vezes você já teve vontade de fazer esta pergunta?
É tão comum ouvirmos as pessoas reclamando da vida, chorando suas dores e lamentando os seus sofrimentos que, em certos momentos, não nos parece justo manifestar nossas alegrias e realizações. É como se tivéssemos que pedir autorização até mesmo para esboçar um sorriso!
Vemos tanto caos e desgraças ao nosso redor que acabamos nos recolhendo e escondendo o nosso bem estar para que o mesmo não represente um desrespeito aos outros, às suas dores, tristezas, frustrações, irrealizações...
Será mesmo que é preciso ter o aval dos outros para poder desfrutar da felicidade?

domingo, 31 de julho de 2011

Como Nascem as Amizades?

“Este post é dedicado à minha querida amiga, menina baiana, Eninha Campos, que recebeu a mim e à minha família durante nossas férias em Salvador, com muito amor e carinho. Querida, muito obrigada pela calorosa acolhida e pelos maravilhosos momentos. Somente um coração nobre e generoso como o seu, seria capaz de nos oferecer esse grande mimo! Sentimo-nos verdadeiramente em casa! Ultrapassamos as barreiras virtuais!”.
Vou começar esse texto contradizendo o ditado popular “O que os olhos não vêem o coração não sente” e provar que nem tudo precisa estar ao alcance dos olhos, mas fundamentalmente muito próximo ao coração! Sim, o coração pode sentir o que os olhos não vêem!

domingo, 24 de julho de 2011

Lar Itinerante

Eu adoro a minha casa, as minhas coisas, o meu canto... Cada peça representa um pouco de mim ou alguma passagem de minha história! Sinto-me segura e confortável em meu lar!
Nesses dias, em férias, longe da minha casa e dormindo numa cama que não é minha, percebi que apesar da enorme saudade que sinto, encontro-me bem e em paz! E isso pode ser traduzido de um modo muito simples: não são as coisas ou pertences materiais que compõem um lar, mas sim a presença das pessoas que nos acompanham e tornam nossos dias melhores!

segunda-feira, 11 de julho de 2011

O que é Traição?

Tenho lido ultimamente muitos textos sobre traição. Nada intencional ou proposital, garanto, mas vejo ótimas análises, sob diferentes pontos de vista a respeito de um tema polêmico e que assombra muitas pessoas. Resolvi, então, escrever a minha visão sobre o assunto.
Antes de qualquer coisa é preciso que saibamos separar o joio do trigo. O que é traição? Segundo o dicionário Aurélio, traição é ato ou efeito de trair, ou seja; enganar, ser infiel, desleal... E tem, também, “não cumprir”! OK, todos concordamos com os seus significados, mas eu quero me ater ao: não cumprir.

quarta-feira, 15 de junho de 2011

Onde Estão as Chaves?

A cada fase difícil que passamos, esquecemos de agradecer pela vitória alcançada e nos fechamos em pensamento, revendo apenas a parte ruim da experiência. Entramos por uma porta e nos trancamos num cômodo escuro e vazio, tendo conosco as lembranças que nos fazem reviver a todo instante os sofrimentos passados. Colocamos as chaves num chaveiro e as esquecemos por um bom tempo... Enfrentamos o frio das emoções e deixamos que elas nos açoitem violentamente, como se precisássemos de algum tipo de punição. E, na verdade, não precisamos! Nem da aflição, nem da dor, nem do sofrimento e tampouco do açoite emocional.

terça-feira, 7 de junho de 2011

Podemos Ser Muito Mais do que Isso!

Muitas pessoas se cansam na vida porque enxergam apenas o caminho a ser trilhado e quase sempre deixam de admirar a enorme beleza que há no trajeto. Quando estamos sobrecarregados de problemas, normalmente reduzimos os passos e passamos a contá-los para a próxima parada que nos permitirá descanso ou, talvez, o alívio dessa pesada mochila que carregamos. No contra ponto de uma vida corrida e alucinada, que nos impede de absorver os pequenos prazeres, os problemas nos fazem parar e reavaliar o que temos feito, inclusive no rumo dos nossos próprios passos.

terça-feira, 17 de maio de 2011

O Silêncio Como Resposta

Não sei quanto aos outros, mas eu tenho o meu limite e tolerância para verbalizar sentimentos, pensamentos e opiniões...
Percebo que quase todos passam boa parte do tempo explicando-se por atitudes suas, justificando as dos outros, dando respostas a tudo e todos por coisas que nem sempre precisam de respostas. Às vezes os fatos estão tão claros e visíveis que não precisamos responder nada... Faz parte de minha natureza conciliadora querer resolver tudo o que for possível através do diálogo, porém, há momentos em que não temos êxito e, infelizmente, ficamos a mercê das conclusões e julgamentos dos outros. E muitas pessoas carregam em si, em sua forma de verem o mundo e aos outros; uma maldade absurda que antecipa conclusões errôneas e injustas! Não vou discutir aqui sobre justiça ou o que seja certo e errado, afinal, cada um tem o seu modo particular, a partir de suas experiências, de agir e pensar como quiser...

domingo, 24 de abril de 2011

A Renovação em Nosso Próprio Tempo

E chega mais uma ocasião/oportunidade para reflexões e reavaliações... Chamadas que despertam nossa humanidade ou o renascimento de nossos sentimentos... Não sei!
Claro que acho válido o apelo, afinal, não importa qual o caminho que tomamos, contanto que alguma mudança realmente aconteça; porém, ainda acredito que temos nossas opções e as portas são abertas diariamente. Não desacredito da força da fé, do poder da religiosidade de cada um ou, tampouco, da “magia” que paira no ar nestes períodos de união através das crenças. Talvez eu ache tudo demagógico demais, previsto, calculado e rotulado... Parece que a bondade de cada um deva estar alinhada em série, em

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Mania de Perseguição

Estamos cercados e aprisionados! Muros são criados em defesa contra os preconceitos, desconfianças e intolerâncias. A raiva, solidão e exaustão ficam armazenadas e a qualquer momento, prontas para serem colocadas para fora... Vivemos num cárcere emocional e, com isso, o mundo tem abrigado pessoas doentes... De algum modo, mesmo sem querer, fazemos parte disso.
Pare! Relaxe um pouco, você não está sendo perseguido e qualquer cobrança que o obrigue à perfeição, acredite, ela parte de você mesmo e não necessariamente dos outros!
A Mania de Perseguição é uma doença associada a um tipo de esquizofrenia em que a pessoa se sente alvo constante de ataques, intrigas e complôs. E nem faça cara de assustado, pois você pode sofrer dessa doença também!

segunda-feira, 18 de abril de 2011

A Internet e as Pontes do Coração

Fico aqui pensando no quanto o homem tem investido fábulas para descobrir se há “vida inteligente” fora do nosso planeta; nessa busca incessante em saber que não vivemos sós nessa imensidão galáctica. Porém, quantos têm investido os seus esforços em descobrir as tantas vidas preciosas que há aqui, bem próximas a nós, nessa mesma esfera, nessa mesma realidade?
É certo que muitos estão cansados e desiludidos com esse mundo; frio, duro, repleto de carências, encoberto por superficialidades e máscaras que escondem as verdadeiras faces de uma vida que pode não ser tão inteligente quanto à buscada lá fora, perdida no vazio do espaço, mas que pode nos dar respostas e ensinar muito sobre nossa própria origem... Precisamos enxergar que aqui mesmo, bem perto de nós (talvez até ao nosso lado) existem vidas maravilhosas, à espera de um contato que não requer investimentos maiores do que o da disposição da amizade...

segunda-feira, 4 de abril de 2011

Que Seja Eterna Enquanto Dure…

Algumas coisas são difíceis de serem explicadas ou definidas. Cada um tem a sua visão sobre os sentimentos existentes. Sem dúvida alguma, o amor e a felicidade lideram o ranking das buscas e explicações, exaltados em poemas, declamados em versos, analisados por psicólogos e, muitas vezes até por cientistas. Todos tentam encontrar padrões que definam essas experiências, como se precisássemos de fórmulas para vivê-las melhor e de forma “madura”. Difícil imaginarmos pessoas sozinhas e não aos pares! Difícil concebermos a idéia de uma vida sem a magia do amor ou envolta pela aura da felicidade. E, de forma própria, cada um vive os seus encantos ou sofre seus dissabores.

terça-feira, 29 de março de 2011

Inimigo Nosso de Cada Dia

Já travei muitas batalhas!
Época confusa, em que não sabia nada sobre guerras, armas ou sobre mim mesma! Achava que conhecia inimigos, mas, na verdade o que eu pouco sabia era sobre amigos... E aí estava a diferença...
Muitas vezes estamos à procura de inimigos e é dessa forma que passamos a enxergar tudo e todos que estão à nossa volta. Procuramos vários motivos para não gostar de alguém, não deixamos que as coisas fluam naturalmente e as pessoas mostrem sua beleza! Travamos uma batalha íntima, levados por algum tipo de preconceito criado apenas por nosso instinto de luta constante. Precisamos de guerra para que a sensação de vitória compense a incapacidade de acreditar que nem todos estão armados contra nós!

terça-feira, 22 de março de 2011

Nosso Primeiro Aniversário

Hoje o blog Fênix comemora o seu primeiro aniversário! Passei dias pensando numa festa elaborada e chique para receber convidados tão ilustres! No final, não providenciei nada e decidi fazer o que sempre faço: receber a todos com a emoção e o coração de sempre! Essa é a minha forma de “conversar”, então por quê, justamente numa data tão especial eu agiria de outra forma?
Completar um ano é uma grata surpresa para mim, pois se me perguntassem há alguns anos atrás o que eu imaginaria estar fazendo hoje, talvez nem me passasse pela cabeça responder que estaria “blogando”! E hoje, não me imagino fazendo outra coisa...
Realmente a vida é movimento constante... Mutável e surpreendente assim como nossos pensamentos! Esse poder de reciclar, se refazer e buscar novas possibilidades; leva-nos a caminhos incríveis! E aqui estamos nós! Um ano de amizade, companheirismo, confidências, reflexões... Um ano que simboliza uma das maiores transformações da minha vida!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Plágio é Crime! Proibida a Cópia do Conteúdo desse Blog!!!