domingo, 24 de julho de 2011

Lar Itinerante

Eu adoro a minha casa, as minhas coisas, o meu canto... Cada peça representa um pouco de mim ou alguma passagem de minha história! Sinto-me segura e confortável em meu lar!
Nesses dias, em férias, longe da minha casa e dormindo numa cama que não é minha, percebi que apesar da enorme saudade que sinto, encontro-me bem e em paz! E isso pode ser traduzido de um modo muito simples: não são as coisas ou pertences materiais que compõem um lar, mas sim a presença das pessoas que nos acompanham e tornam nossos dias melhores!
Com certeza se eu estivesse longe daqueles que amo, meus passos estariam voltados para outra direção, indicando como rumo um lar onde eles estivessem.
Quando dizem que nossa casa é onde estamos, é preciso fazer um pequeno adendo nessa afirmação. Na verdade nossa casa é onde nos sentimos amados, seguros e em paz. E essas coisas não são obtidas apenas nas paredes que nos cercam... Elas precisam estar revestidas com o calor daqueles que aquecem nossa alma e coração, que dão sentido real e abrangente ao significado de um lar. Apesar de sermos constituídos de matéria, somos movidos e guiados pelo amor e pela força dos sentimentos. São eles que nos colocam firmes diante da luta da vida, então, nesse caso, nosso lar é onde encontramos o aconchego dos sentimentos e estamos cercados de amor.
O meu lar pode ser itinerante. Ele não está fixado num ponto único! O meu lar acompanha o meu coração e é nele que está tudo o que preciso para viver. É curioso como a idade (ou maturidade) pode abrandar nosso olhar e nos fazer valorizar as coisas mais simples da vida. Antigamente eu era incapaz de compreender o significado da expressão “amor e uma cabana” (rs). De um modo mais duro, tentando ser realista demais, achava que apesar disso ser poeticamente lindo, não era prático e nem compatível com as nossas reais necessidades. Imagine! Amor e cabana apenas, não pagam contas, não geram sustentos, não trazem conforto... Talvez eu ainda não tivesse a noção do verdadeiro significado de lar e estivesse muito presa às questões materiais. Não estou, com isso, desconsiderando a importância que o trabalho e seus resultados trazem para essa vida que, infelizmente, ainda encontra no dinheiro recursos que proporcionam o conforto. Mesmo que a visão ainda seja poética, quero apenas destacar o quanto podemos nos desprender de tudo que nos liga somente à matéria e encontrar nos sentimentos uma estabilidade capaz de ancorar o coração.
Minha casa e meu endereço fixo estão a quilômetros de distância, mas o meu verdadeiro lar está ao meu lado, movendo-se comigo, desfrutando das alegrias e prazeres, vivendo momentos que dinheiro algum seria capaz de comprar. E é nele que resido neste momento!
Eu poderia estar agora numa cabana e ela também não seria o meu lar! O meu lar estaria presente e representado no amor e em toda a sua extensão, pois é ele que transforma qualquer cabana em um grande palácio... É ele que torna qualquer cantinho desse mundo habitável.
O meu lar são as pessoas que amo... Minha família... São elas que me ajudam a escrever a minha história e me fazem viva!
Estou em casa...
Jackie Freitas
"O exterior do lar de um homem pode parecer o seu castelo; por dentro é sempre seu berçário."
*Imagens retiradas do Google Imagens

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Plágio é Crime! Proibida a Cópia do Conteúdo desse Blog!!!