terça-feira, 21 de junho de 2016

Para as pessoas lindas...

O que nos torna lindos de verdade? Essa é uma pergunta que constantemente me faço quando observo o quanto valorizamos aquilo que vemos e não o que devemos enxergar, nos outros e em nós mesmos...
Beleza, num primeiro momento e de forma imediata, está associada à plástica: cabelos, rosto, pernas, seios, bumbum... Corpo, apenas corpo e nada mais! De preferência bem cuidado, independente se é natural ou “fabricado”. É como dar mais importância à embalagem do que ao presente em si.
Conteúdo não é tangível e, quase sempre, é imperceptível, simplesmente porque ele não está ao alcance dos nossos olhos. Para enxergar a verdadeira beleza de uma pessoa é necessário mais que uma boa visão! Nos dias de hoje é o mesmo que ter superpoderes e possuir o dom de enxergar além do corpo, ultrapassando a couraça que nos reveste para, então, atingir um plano muito superior que nos mostra a beleza consistente de cada um.

quinta-feira, 9 de junho de 2016

Quando atitudes falam mais que palavras

Às vezes ouvimos muito e enxergamos pouco... Porque as palavras, entre tantos significados, possuem o poder de nos calar e cegar...
Continuo minha incursão pelo universo mágico das palavras, porém, tentando enxergar as suas causas e efeitos. Não é raro escutarmos belas palavras. Algumas ditas com emoção, outras com sinceridade e muitas com intenções apenas de impressionar ou manipular...  Falamos o que queremos, escutamos o que nos interessa e acreditamos no que nos convém. Essa é a verdade! Não importa se o que nos dizem está envolto de mentiras, falsidades, ilusões ou da mais pura sinceridade; porque no final acreditamos apenas naquilo que queremos e precisamos. Invariavelmente nos machucamos... por não ter acreditado quando deveríamos ter dado um voto de confiança ou por não ter duvidado quando a oferta era generosa demais. De qualquer modo nos machucamos se fazemos das palavras a nossa única bússola.

segunda-feira, 30 de maio de 2016

Coragem... É Hora de Acordar!

Uma hora o sono passa... e acordamos! Um dia os sonhos findam e a realidade volta. Parece que passamos anos adormecidos, imersos no silêncio e perdidos na escuridão de um pesadelo conflitante. Uma escravidão inconsciente, mesmo que, subconscientemente, saibamos da existência das limitantes amarras e do mal que elas nos fazem. A pergunta que perturba e nunca cala é: Quando, efetivamente, teremos coragem para nos libertar de tudo que não nos faz bem e nos sufoca?
E não se trata necessariamente de coragem, mas de uma consciência que grita e ecoa por todo o nosso corpo... Não se trata de avaliar o tempo que durou essa servidão e sim do tempo que ainda resta e não pode mais ser desperdiçado. Coragem é um passo

terça-feira, 17 de maio de 2016

O Universo das Palavras

Tudo está bem, correndo conforme o planejado e em perfeita harmonia, até que uma palavra é dita. Uma única palavra para acabar com a magia daquele momento... Então você tenta ignorar, fazer de conta que não ouviu ou se convencer de que aquilo não foi suficiente para mudar o seu sentimento. Só que, infelizmente, foi e colocou fim no encanto!
Como lidar com as palavras de modo que elas entrem e causem o efeito da forma que precisam? Uma palavra sozinha é apenas uma palavra lançada... Inserida num contexto ou dita em um determinado momento, tem um efeito devastador, porque palavras traduzem sentimentos, expressam emoções e acionam sensações que podem nos motivar ou simplesmente nos paralisar.
Às vezes é tão fácil acreditarmos nelas! Tanto que ignoramos todos os sinais que as precedem ou que surgem após elas serem ditas. Fácil nos convencermos com belas palavras, mas difícil compreender as suas intenções. Significa que
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Plágio é Crime! Proibida a Cópia do Conteúdo desse Blog!!!