segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Superando os Obstáculos

Diante das adversidades da vida temos escolhas! Podemos escolher a forma como iremos encará-las e quais os caminhos que percorreremos para superá-las.
Por mais que estejamos seguros, as tempestades sempre surgirão, uma pedra poderá bloquear o caminho ou a nossa própria visão turvará, impedindo que reconheçamos a rota traçada. Faz parte dos desafios da vida!
A questão que gostaria de colocar aqui é como nos desvencilhamos desses contratempos? De que forma os superamos e não permitimos a derrota? Minha mãe sempre me dizia que, diante da vida, somos crianças aprendendo a dar os seus primeiros passos. Caímos com mais freqüência do que desejamos e as quedas são fundamentais para o nosso fortalecimento. A preocupação não deve jamais ser com a possibilidade de uma nova queda e sim com a forma como nos levantamos dela. Isso faz toda a diferença no modo como seguiremos adiante.
Se nos levantamos preocupados e receosos com a queda seguinte, certamente andaremos inseguros, com passos contidos, de cabeça baixa, deixando assim de apreciar a beleza e o encanto da caminhada. No lugar disso, enxergaremos inimigos por todos os lados, dificuldades à nossa espera e paralelepípedos por onde pisamos. 
Não! Não deve ser assim! O otimismo e a fé não são palavras usadas como consolo. Elas representam muito mais que um simples toque nos ombros ou a batidinha nas costas... São atitudes! Através delas é que decidimos o modo como venceremos, a forma como nos levantaremos do tombo e seguiremos com a cabeça erguida, adiante, aguardando destemidamente qualquer desafio novo que surgirá. E serão vários novos desafios... Esteja preparado!
Para o ser humano, por mais estranho que pareça, qualquer vitória tem sabor real de conquista e superação se tiver nela a caracterização de merecimento. Nenhuma luta é realmente considerada ganha se não pudermos sentir que entre mortos e feridos estamos vivos! Ninguém gosta de trilhar os caminhos fáceis. Perde o encanto e até se torna monótono. Temos que ter o desafio nos instigando a todo tempo. Iludem-se aqueles que pensam o contrário. Nas dificuldades é que temos a oportunidade de provar a verdadeira capacidade do nosso melhor, a competência que nos é questionada o tempo todo.
Por isso, acredito piamente que não temos o menor controle sobre os obstáculos que nos surgirão, mas temos, sim, o total controle de como reagiremos às adversidades. Não somos vítimas e sim as barreiras dos obstáculos. Olhemos por outro ângulo! Nós que desafiamos com o espírito de luta as dificuldades que surgem em nosso caminho. E se olharmos para elas com dose de humildade, mas com força de vontade; não permitindo previamente a derrota, com certeza venceremos um obstáculo maior: o nosso próprio medo!
Jackie Freitas
Concede-me, Senhor, a serenidade necessária para aceitar as coisas que não posso modificar, coragem para modificar as que eu posso e sabedoria para distinguir uma da outra
(Oração da Serenidade)
*Imagens retiradas do Google Imagens

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Plágio é Crime! Proibida a Cópia do Conteúdo desse Blog!!!