sexta-feira, 1 de junho de 2012

Os Benefícios da Crise

Em chinês, a palavra crise também representa oportunidade. Há controvérsias quanto a sua composição e não me cabe aqui questionar ou discuti-la. Gostaria apenas de aproveitar esta “oportunidade” e exemplo, para demonstrar que muitas vezes a crise pode, sim, nos abrir portas para as oportunidades...
Enquanto algumas pessoas vivem vorazes e insaciáveis em busca de algo a mais, outras se contentam com o que já está “garantido”. Mesmo sabendo que num mundo desordenado e imprevisível não há garantias, permanecem obedientes às rotinas, estagnadas e até mesmo conformadas... Não quero dizer que estas pessoas não evoluam no sentido da obtenção de novas conquistas, mas sem dúvida, para elas, o processo é mais lento.
Quando são obrigadas a saírem da zona de conforto e partirem efetivamente para o campo de batalhas, ficam perdidas e aflitas, tentando encontrar uma rota (novamente segura) que as mantenham estáveis. Claro que a estabilidade é reconfortante! Não se pode, com desdém, dizer o contrário!
Porém, viver é correr riscos constantes e não há qualquer garantia de estabilidade ou segurança! Pelo menos não de forma permanente... Os riscos fazem parte do desafio da vida e são eles que nos fazem percorrer por caminhos diferentes em busca de algo não conhecido. Algumas experiências podem nos trazer frustrações e amargores, mas outras podem nos proporcionar descobertas incríveis que só saberemos se tivermos coragem de correr os riscos. Quem viver verá!
As crises sempre existirão e ao invés de nos colocarmos em desespero, talvez seja o momento ideal para buscarmos as oportunidades... Enxergar o que o manto seguro da comodidade não permitia; arriscar outra escolha, tentar o diferente, descobrir algo novo e surpreendente... A crise pode, sem dúvida alguma, representar oportunidade, pois ela nos obriga a sair da inércia, buscar alternativas e percorrer novos caminhos. Ela se torna uma mola propulsora e promotora das mudanças.
Se pensarmos de modo pessimista (que é uma tendência natural num primeiro momento) enxergaremos apenas as barreiras e dificuldades pelas quais passaremos, entretanto, se olharmos com otimismo, veremos variáveis que nos impulsionarão adiante e mostrarão as oportunidades. E elas podem ser muitas!
Do limão fazemos uma boa limonada (assim dizem) e a crise pode ser um pomar repleto de limões... Pensemos que com eles, além da limonada, podemos temperar a vida e descobrir novos sabores!
Jackie Freitas
"Não pretendemos que as coisas mudem se sempre fazemos o mesmo. A crise é a melhor benção que pode ocorrer com as pessoas e países, porque a crise traz progressos. A criatividade nasce da angústia, como o dia nasce da noite escura. É na crise que nascem as invenções, os descobrimentos e as grandes estratégias. Quem supera a crise, supera a si mesmo sem ficar ‘superado’. Quem atribui à crise seus fracassos e penúrias, violenta seu próprio talento e respeita mais os problemas do que as soluções. A verdadeira crise é a crise da incompetência... Sem crise não há desafios; sem desafios, a vida é uma rotina, uma lenta agonia. Sem crise não há mérito. É na crise que se aflora o melhor de cada um...”.
*Imagens retiradas do Google Imagens

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Plágio é Crime! Proibida a Cópia do Conteúdo desse Blog!!!